REDUÇÃO INTERSUBJETIVA

SOLIP

Através da epoché fenomenológica, o ego se desvela como ego transcendental, atitude tal que coloca o eu numa relação intencional com as estruturas noético-noemáticas da consciência. Nesse sentido, “a epoqué irá delimitar, então, na subjetividade, o próprio, conhecimento – o transcendental – separando-o dos estados mundanos, da tese natural, das relações cotidianas, do mundo e dos outros”

Continue reading

EM TORNO DO CONCEITO DE SOLIPSISMO:ABORDAGEM EPISTEMOLÓGICA

SOLIP

 

A busca pela verdade, ou por uma evidência fundamental que pudesse sustentar as demais coisas, foi vista pelos filósofos sempre como uma possibilidade alcançável. Mas para se obter algo indubitável é preciso o uso de alguns recursos metodológicos apropriado com a finalidade de garantirem que tal empreitada tenha êxito.

Continue reading

EM TORNO DO CONCEITO DE SOLIPSISMO:ABORDAGEM METAFÍSICA

IL SOLIPSISMO

 

 

 

 

 

O solipsismo metafísico, que muito se assemelha ao solipsismo de um modo geral, se caracteriza por apresentar na individualidade do eu, uma abordagem que nega a existência real de todas as coisas do mundo exterior, por ter a possibilidade de se apresentarem enquanto enganadoras ou falsas, deixando o eu reduzido à própria existência da consciência.

Continue reading